Bonecrusher e o "Guerreiro do Inferno" - Loja online de Cd, K7, Vinil e Patch
Guerreiro do Inferno

Guerreiro do Inferno

SAUDAÇÕES LIBERTINAS! 

Entrevista com Guilherme Cosse baterista do Bonecrusher. 

bonecrusher

Bonecrusher

A Bonecrusher é uma banda que existe desde 2007 na cena de Belo Horizonte, fale-nos um pouco desta origem e desta proposta de produzir um thrash/black tão orgânico.

G C: O Boncrusher foi formado por mim e pelos ex-integrantes da banda Rolo Compressor, no caso o Welbert, o Luciano, o Bruno e o Tino. Eu, o Tino e o Luciano já nos conhecíamos há um bom tempo, inclusive eu e o Luciano já havíamos tocado juntos em uma outra banda de Death Thrash Metal (Anarchus) no fim dos anos 80. O Tino no mesmo período fazia parte do Razeforce, uma das quatro bandas que gravou o Warfare Noise III. Essa amizade contribuiu bastante para o processo inicial da banda e somado a isso, o compartilhamento de mesmos ideais foi de grande importância para a construção da essência do Bonecrusher. Quanto à sonoridade da banda, não nos rotulamos, pois entendemos que o Bonecrusher seja uma banda de Death, Thrash, Heavy ou Black Metal, mas ao mesmo tempo, somos influenciados por estes estilos e entendo que há em nosso som partes de cada um deles. Você por exemplo nos “classificou” como uma banda de Thrash/Black Metal e eu fico satisfeito por isso, pois são dois dos pilares do METAL.

O mais recente material lançado pela banda foi a compilação Guerreiro do Inferno (2016), onde constam a demo Guerreiro Banguer (2012), o EP Metal do Inferno (2014) e mais uma boa quantidade de extras e gravações ao vivo. Como a banda pensou e construiu esse lançamento?

G C:A idéia partiu inicialmente do Roni Sátiro (Vocal do Bonecrusher) e nós abraçamos imediatamente o projeto, pois entendemos naquele momento, que, com a compilação dos materiais lançados anteriormente, poderíamos compartilhar com os headbangers, grande parte da história e da essência do Bonecrusher em um único trabalho.

Guerreiro do Inferno foi o terceiro lançamento da Libertinus Records e praticamente se esgotou em poucos meses. Como a banda tem percebido a sua recepção em outras cenas para além de Minas Gerais? Algum plano para shows ou até mesmo turnês em outras regiões? Aposto que há um público esperando vocês no Nordeste.

G C: O “Guerreiro do Inferno” foi e está sendo muito bem divulgado. Devemos isso à nossa parceria feita junto a vocês da Libertinus Records e de mais cinco distribuidoras brasileiras que abraçaram o nosso projeto e trabalharam na divulgação do mesmo. Em minhas viagens, aproveito também para divulgar nosso material e tenho percebido muito boa aceitação por parte dos bangers. Quanto a shows em outros estados, no momento estamos focados na composição de novos sons para o lançamento de nosso próximo trabalho. Porém, após o lançamento do novo trabalho certamente estaremos fechando parcerias para levar o Bonecrusher a outras cidades/estados do Brasil.

Será uma honra para nós!

Desde 2014 você faz parte de uma das hordas mais respeitadas do país, o Impurity. Como está sendo se dividir entre as duas bandas?

G C: É bem tranqüilo, pois me programei bem para que fosse assim desde o início. Ensaio em um mesmo local com as duas bandas todos os sábados e em uma seqüência de quatro horas. Isto é, ensaio com o Impurity de 14 às 16 horas e com o Bonecrusher das 16 às 18 horas. Com relação a agenda de shows fica fácil a programação porque fechamos os shows com um período de antecedência seguro. Além disso, somos todos amigos, e isso facilita e muito todo o processo.

Quais os próximos planos para a Bonecrusher? Algum lançamento em mente?

G C: Em 2017, o Bonecrusher completa 10 anos de atividades ininterruptas. Com isso, estamos programando um lançamento de um novo álbum para o ano que vem. O novo trabalho levará o nome de “Pecado é não pecar”. Inclusive, já estão compostas nove músicas para este novo trabalho. Há ainda a intenção de colocarmos em um mesmo Box, um material extra em DVD, contendo partes de shows da banda desde o ano de 2007 até os dias de hoje. Estamos trabalhando para que esse projeto possa se tornar uma realidade.

Quero agradecer a você e a Bonecrusher pela parceria e confiança neste lançamento. Esse espaço é seu para deixar algumas palavras para todos que estão lendo essa publicação.

G C: Nós é que agradecemos a vocês por apoiarem a acreditarem nessa parceria e fazer com que os nossos projetos se tornassem uma realidade. Esperamos cada vez mais fortalecer essa parceria. Aproveito este espaço para parabenizar vocês da Libertinus Records e a todas as distros sérias, por deixam a concorrência de lado e se unirem em prol do nosso underground. Vocês são responsáveis por transformarem sonhos, projetos e luta em uma realidade!  A parceria nunca irá morrer!!!

Para os demais leitores… Nós headbangers nos tornamos cada dia mais responsáveis pelo futuro do METAL! Acreditem!!!  Unidos somos muito mais fortes!

SEE YOU IN HELL MY FRIENDS!!!

HAIL!!!! 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENTRAR | CRIAR CONTA